Archive for ‘Luis Maffei’

26 de Novembro de 2014

Domingo brasileiro no Paralelo W

Capa_Maffei_REV2O poeta e ensaísta Gastão Cruz apresentou o livro de poemas “Signos de Camões”, do poeta brasileiro Luis Maffei (ed. Companhia das Ilhas, 2013).

CarlosA_Machado__CAPA2.inddO ensaísta brasileiro Maurício Sales Vasconcelos (Universidade de São Paulo), apresentou a antologia poética de Carlos Alberto Machado editada pela carioca Oficina Raquel, nº 7 da colecção Portugal 0 (zero), com selecção de Luis Maffei e prefácio de Maurício Sales Vasconcelos.

Aconteceu tudo no Domingo 23 de Novembro, no Paralelo W, em Lisboa.  Gastao apresenta signos de camoesMauricio apresenta antologia portugal zero

Anúncios
20 de Abril de 2014

Dois anos de livros

No dia 5 de Maio de 2012, a Companhia das Ilha iniciou a sua actividade editorial, com a publicação do livro de contos de António Cabrita «Fica a dever-me uma noite de arromba», na colecção azulcobalto. Seguiram-se mais 36 títulos.

Para assinalar a data, a Companhia das Ilhas oferece aos seus leitores 40% de desconto em todos os livros adquiridos no dia 5 de Maio, através da sua loja on-line – e oferece os portes para todo o território português.

Capa António Cabrita.inddcolecção azulcobalto

António Cabrita, Ficas a dever-me uma noite de arromba

Carlos Alberto Machado, Uma viagem romântica a Moscovo

Fernando Machado Silva, Passageiros clandestinos

Helder Moura Pereira, Eu depois inventei o resto

Inês Lourenço, Ephemeras

João Paulo Cotrim, A minha gata

Jorge Aguiar Oliveira, Ranço

José Ricardo Nunes, Confissões

Madalena de Castro Campos, O fardo do homem branco

Manuel Fernando Gonçalves, A matriz e o canto oposto

Nuno Dempster, Na luz inclinada

Nuno Dempster, O papel de prata, o reflexo e outros contos pelo meio

R. Lino, Baixo-Relevo

Rosalina Marshall, Manucure

Valério Romão, Facas

colecção azulcobalto | teatro

Jaime Rocha, O regresso de Ortov

Luís Campião, O menino da burra

Marta Freitas, Eis o Homem

Pedro Eiras, Bela Dona e outros monólogos

Ricardo Neves-Neves, A porta fechou-se e a casa era pequena

Rui Pina Coelho, Às vezes quase me acontecem coisas boas quando me ponho a falar sozinho

Tiago Rodrigues, Peça romântica para um teatro fechado

colecção terceira margem

Helder Gomes Cancela, O exercício da violência. A arte enquanto tempo

colecção mundos

Cristina Brito, A viagem seguinte

Fátima Maldonado, Lava de espera

colecção do outro lado do espelho

Gez Walsh, A borbulha no rabo. Poemas terríveis para meninos terríveis (versão portuguesa de Helder Moura Pereira)

colecção transeatlântico

Alexandre Borges, O boato. Introdução ao pessimismo

Carlos Alberto Machado, Estórias açorianas

José Pinto de Sá, Os filhos de Mussa Mbiki

Luís Carlos Patraquim, O escuro anterior

Luis Maffei, Signos de Camões

Manuel Tomás, Maroiço

Mário T Cabral, Tratados

Nuno Costa Santos, Às vezes é um insecto que faz disparar o alarme

Urbano Bettencourt, Outros nomes, outras guerras

colecção terra açoriana

Manuel Tomás, Picolândia

colecção terra açoriana | série especial

Manuel Tomás (org), Nunes da Rosa. Estudo e Antologia

FM_Lava_Espera_Capa_REV2

1 de Março de 2014

POESIA EM MARÇO | Dia Mundial da Poesia 2014 em Coimbra

A Companhia das Ilhas vai publicar este mês de Março dois novos títulos de poesia inédita: Ranço, de Jorge Aguiar Oliveira, e Na luz inclinada, de Nuno Dempster.

Capa_Jorge_Aguiar_Oliveira_REV3Os dois livros serão apresentados em Coimbra, no dia 21 de Março, Dia Mundial da Poesia, na Livraria e Antiquário Miguel de Carvalho, sessão integrada no festival de poesia Mal Dito (de que faz parte também uma feira do livro de poesia, com participação da editora). Estão convidados todos os poetas com livros editados na Companhia das Ilhas, desde 2012: Carlos Alberto Machado, Fernando Machado Silva, Helder Moura Pereira, Inês Lourenço, Luís Carlos Patraquim, Luis Maffei, Madalena de Castro Campos, Manuel Fernando Gonçalves, Manuel Tomás, Mário T Cabral, Nuno Costa Santos, R. Lino, Rosalina Marshall e Urbano Bettencourt.

Capa_Dempster_Luz_inclinadaCarlos Alberto Machado, editor da Companhia das Ilhas, onde publicou Uma viagem romântica a Moscovo, terá, também em Coimbra, dia 28 de Março, uma sessão dedicada à sua escrita, na Mercearia de Arte Alves & Silvestre, com organização da Escola Informal de Fotografia, de Susana Paiva. A actriz  Mariana Fonseca Nunes dirá poemas do autor.

29 de Junho de 2013

Expresso 02 – Luis Maffei

José Mário Silva (Expresso/Atual), escreve hoje, 29 de Junho de 2013, sobre o Signos de Camões, do poeta brasileiro Luis Maffei (Companhia das Ilhas, Fevereiro de 2013)

maffei_signos_jmsilva_20130629

10 de Março de 2013

Entrevistas «Novos Livros» – Luis Maffei

Entrevista de JA Nunes Carneiro

1 – O que representa, no contexto da sua obra, o livro Signos de Camões?

R -Representa criar sentidos a partir da obra camoniana e perseguir novos entendimentos do que Camões escreveu – certa vez eu disse, numa entrevista, que escrevia, entre outros fitos, para entender melhor a poesia camoniana. Fantasiar Camões nos diversos signos zodiacais possibilita uma viagem por signos que vão além dos astros, mas que passeiam entre eles com a maior atenção. Isso permite que eu, como poeta, invista numa dicção tão própria quanto possível, cônscio, no entanto, de que não há idiomas assim tão pessoais.

Sempre gostei de brincar com a forma fixa, e neste livro faço-o de modo mais intenso, sem deixar o verso livre, ou melhor, plurimétrico. Signos de Camões é meu quinto livro de poemas; não sei se representa necessariamente uma viragem, mas é conjunto que, quero crer, revela com alguma eficácia o que quero experimentar em poesia.

read more »

6 de Fevereiro de 2013

Descobrir os livros por aí

NOVIDADES DE FEVEREIRO_150

Os livros de Fevereiro da Companhia das Ilhas já estão disponíveis nos Açores:  Ilha Terceira (Angra do Heroísmo: Livraria Infolio e Loja do Adriano; Praia da Vitória: Papelaria 96). Ilha do Faial (Horta: Loja do Telégrapho). Ilha de São Miguel (Ponta Delgada: Livraria Gil). Em breve estarão nas Lojas de Cultura da DRAC, Estações dos CTT e rede de Quiosques de Turismo da ART.

Na Madeira, na Livraria Esperança (Funchal).

No Continente: Lisboa (Livrarias Letra Livre e Pó dos Livros). Brevemente: Évora (Livraria Dom Pepe), Montemor-o-Novo (Livraria Fonte de Letras), Almada (Livraria Escriba), Porto (Livrarias Porto Editora). Um pouco por todo o lado: Lojas FNAC.

Online:

bertrand.pt

bookhouse.pt 

fnac.pt

sitiodolivro.pt

wook.pt

e aqui.

Boas leituras.

4 de Fevereiro de 2013

Pó dos Livros

po_dos_livros

Em Lisboa, os livros da Companhia das Ilhas contam com mais um lugar de partilha: a livraria Pó dos Livros (avenida Marquês de Tomar, 89). Já lá estão as novidades de Fevereiro:

colecção transeatlântico 004 | poesia | 44 páginas | €6,45

colecção transeatlântico 004 | poesia | 44 páginas | €6,45

Capa R_Lino_REV2

30 de Janeiro de 2013

Signos de Camões, de Luis Maffei

colecção transeatlântico 004 | poesia | 44 páginas | €6,45

colecção transeatlântico 004 | poesia | 44 páginas | €6,45

Acaba de sair o livro de Luis Maffei «Signos de Camões», já em distribuição pelas

livrarias do Continente e Regiões Atónomas dos Açores e Madeira.

Qual o signo de Camões? Luis Maffei, poeta brasileiro que ensina literatura portuguesa e tem em Camões a sua grande obsessão poética, não responde à irrespondível pergunta astrológica, mas, partindo de estímulo zodiacal, procura signos poéticos de Camões enquanto escreve os seus próprios. Leitura e escrita, reescrita e novidade, forma fixa e verso livro, astrologia e doze poemas: Signos de Camões.

Vai-se ao longe devagar,

onde paro é tudo perto;

se me deixas, movo incerto,

antes de poder chegar,

voo sem norte, pulso aberto.

Se te deitas, meu prazer,

pois deitada és alma pura,

todo o insípido esconjura;

trela em mim é te saber

tão contorno que procura.

Luis Maffei (Brasília, 1974)

Luis Maffei (Brasília, 1974)

Nasceu em Brasília, em 1974, mas sempre viveu no Rio de Janeiro. 

Escreveu os livros de poemas «A» (2006), «Telefunken» (2008), 38 círculos (2010) e «Pulsatilla» (2011). Como contista, é autor, com Nei Lopes e Maurício Murad, de «Contos da Colina – 11 ídolos do Vasco e sua imensa torcida bem feliz» (2012), além de co-organizador, e um dos doze autores, de «Extratextos 1 – Clarice Lispector, personagens reescritos» (2012).

Dirige a colecção «Portugal 0», para a editora Oficina Raquel (Rio de Janeiro), dedicada à literatura portuguesa contemporânea.

É Professor de Literatura Portuguesa do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense.