E o paraíso aqui tão perto

Hay-on-WyeNo início de sessenta, o livreiro Richard Booth instalou-se com cerca de 3 mil livros de bolso em Hay-on-Wye, uma pequena cidade entre a Inglaterra e o País de Gales, com menos de mil habitantes. Declarou a “independência” da cidade, coroou-se “rei” e com isso atraiu milhares de visitantes de todo o mundo. Hoje, a cidade tem mais de duas dezenas de livreiros-antiquários e calcula-se que no seu perímetro estejam disponíveis mais de um milhão de livros – a segunda maior concentração do mundo de livros usados e antigos. Eventos de todo o tipo, a maioria deles relacionada com livros, atrai milhões de visitantes a uma cidade que actualmente não ultrapassa os mil e quinhentos habitantes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s