Luiza Neto Jorge – poemas (001)

5 POEMAS PARA A NOITE INVARIÁVEL

I

Posso estar aqui

eu posso estar aqui perfeitamente pobre

um círio me acendi espora aguda

o vento ritmo negro assassinou-o

posso estar aqui

– o musgo é lento como a sombra –

e sei de cor a voz cega das canções

(viola de silêncio acorda-me)

que eu posso estar aqui perfeitamente pedra

insone

e um longo segredo impessoal

bordando a minha solidão

Poesia. Lisboa. Assírio & Alvim. 1993.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s